O que é Renavam? Tudo sobre

Você sabe o que é Renavam? Muitos brasileiros têm dúvida na hora de atualizar a sua documentação, principalmente se ela estiver diretamente ligada ao seu veículo. Inclusive, na maior parte das vezes, quem está começando a dirigir se atrapalha ainda mais com essas siglas.

Mesmo que exista uma grande quantidade de documentos referentes aos carros e motos, é preciso dar atenção especial ao Renavam. Isso porque esse é um registro indispensável para quem possui um automóvel, podendo ser, em alguns momentos, mais útil do que a própria placa de identificação.

Afinal, o que é Renavam?

Para responder à pergunta o que é Renavam, é preciso lembrar que ele é um registro essencial do seu veículo. Esse registro, por sua vez, é um acrônimo de “Registro Nacional de Veículos Automotores”. Nele, é possível encontrar o cadastro do automóvel realizado pelo Detran.

Também é importante mencionar que existe uma diferença entre o Renavam e o código do Renavam. O primeiro corresponde a todo o registro do veículo, enquanto o segundo é representado por números que ajudam o condutor a encontrar os dados desse documento com maior facilidade.

O código presente no Renavam pode ser considerado uma espécie de identidade para seu veículo. Por meio dele, as autoridades responsáveis pelo trânsito saberão todos os detalhes do seu carro. A cor, o ano, o modelo, o chassi e os débitos pendentes poderão ser consultados usando esse número.

Por fim, também é importante mencionar que saber o que é Renavam é importante para não confundir o seu número com o chassi. Ambas as informações são completamente diferentes e levam a tópicos distintos.

Qual a função do documento?

Como mencionamos, o Renavam é extremamente útil para as autoridades de trânsito, mas também para os condutores, principalmente aqueles que estão pensando em comprar carros usados ou seminovos. Por meio desse registro, é possível consultar todas as informações, bem como o histórico do veículo.

Na prática, com o número do Renavam em mãos, o comprador pode pesquisar no site do Detran do seu estado, por exemplo, multas pendentes ou sinistros de um automóvel. Fazendo isso, ele tornará o negócio mais transparente, evitando golpes e fraudes na aquisição do novo carro ou moto. 

Atualização para vendas

Muitos consumidores compram carros seminovos e usados por ser mais cômodo e mais barato. No entanto, a fim de manter o Renavam atualizado, é necessário que os vendedores atendam aos prazos estabelecidos para comunicar e comprovar a venda do veículo ao Detran. Isso deve ser feito com base no artigo 134 do CTB.

De acordo com o artigo, em caso de transferência de propriedade, o antigo proprietário precisará reconhecer firma em cartório a fim de notificar o órgão executivo de trânsito de seu estado. Isso deverá ser feito em até 60 dias após a venda do automóvel. 

Quando o vendedor deixa de fazer essa comunicação de venda, poderá ter grandes prejuízos. Caso o novo comprador cometa infrações de trânsito, por exemplo, todas as multas e possíveis punições estarão voltadas para o antigo proprietário. 

Prazo para fazer o Renavam

É válido informar que o código do Renavam não muda em hipótese alguma, mesmo que haja a troca de proprietários. Dessa maneira, assim que um veículo sai de sua fábrica, ele receberá um número específico. Esse será o primeiro registro oferecido ao carro, como se fosse o nosso RG.

Por outro lado, mesmo que não mude, ele poderá receber informações novas com o passar dos anos. Algumas mudanças poderão ser acrescentadas, como a cidade onde o proprietário está, infrações, modificações e recalls. Por isso, é necessário sempre manter o documento atualizado para não prejudicar os próximos proprietários. Além disso, o sistema do Renavam é integrado aos departamentos de trânsito de todos os estados.

Após entender o que é Renavam, também é importante mencionar que seu código possui 11 dígitos, e não mais nove caracteres. A regra entrou em vigor em 2013 e só é válida para os novos veículos, produzidos após esse período.

Onde encontrar o número?

Você terá a possibilidade de encontrar o número do Renavam impresso no CRV, que é o Certificado de Registro de Veículo. Também é possível ter contato com a informação por meio do CRLV, o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo. Por serem muito parecidos, ambos os documentos aparecem no mesmo local.

Como consultar o Renavam?

Ainda que algumas pessoas tenham dificuldade para encontrá-lo, o Renavam não é uma informação que está escondida na documentação. Por meio de passos simples, você poderá ter acesso ao número, fazendo uma consulta sobre o veículo e todas as fases pelas quais ele passou.

Etapa 1

A primeira forma de ter acesso ao número do Renavam é por meio de uma solicitação junto à concessionária, empresa ou proprietário antigo do veículo. Também é necessário ter em mãos a placa do automóvel e o CPF do proprietário do automóvel em questão. Todos os dados são importantes para consultar as informações.

Etapa 2

Após ter todos esses dados em mãos, já sabendo o que é Renavam, está na hora de acessar o Portal de Serviços do Denatran. Por lá, todos os dados mencionados anteriormente serão solicitados. Também é possível acessar o site do Detran do seu estado ou do estado em que o carro foi registrado.