O que é um sinistro de pequena, média ou grande monta?

O sinistro é um termo do mercado de seguros usado quando um veículo assegurado sofre um acidente ou prejuízo material. Em outras palavras, o sinistro ocorre sempre que existe alguma indenização sobre danos e pode ser classificado como de pequena, média ou grande monta.

Os veículos de pequena monta são aqueles com danos menores, que afetaram apenas peças externas e/ou mecânicas e estruturais, mas que com a substituição ou reparo dessas peças é possível voltar a circular com o carro sem a necessidade de outras verificações ou inspeções.

 Já os de média monta são aqueles com danos e que quando substituídas ou reparadas as peças é possível voltar a circular com o carro também, porém somente após a realização de uma inspeção de segurança veicular e a obtenção do Certificado de Segurança Veicular (CSV).

E os veículos classificados como grande monta são aqueles considerados irrecuperáveis, ou seja, que não possuem condições de voltar a circular em nenhuma circunstância, também chamados de sucatas.

 

Quem determina o tipo de classificação do sinistro?

Essa classificação de sinistro, entre pequena média ou grande monta, é feita pelos agentes de trânsito, no momento da realização do Boletim de Ocorrência do acidente.

Eles usam como base a resolução do Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN), de 2008, que determina os critérios que devem ser avaliados para classificar os veículos, visando aumentar a segurança no trânsito.

Resumindo, o agente deve verificar se o automóvel poderá voltar a circular imediatamente; voltar a circular somente após uma inspeção ou não poderá voltar a circular.

Por isso, na hora de adquirir um veículo que veio de uma seguradora é fundamental verificar se ele é de pequena, média ou grande monta. Ainda está com dúvidas sobre o assunto? Continue acompanhando nosso blog, baixe nosso infográfico ou acesse nosso site.

 

cta-infografico-veiculos