Revisão de carro: quando fazer? Veja dicas de itens principais!

Fazer a revisão do carro é uma tarefa muito importante, principalmente se o condutor tem o hábito de utilizar o veículo por várias vezes ao longo da semana. Além disso, durante uma viagem longa, é necessário colocar as peças em dia para não acabar correndo o risco de o automóvel parar no meio da estrada, sem motivos aparentes.

Para que essas situações sejam evitadas a todo o custo, o mais indicado é que o carro seja levado para uma oficina autorizada, permitindo que todos os itens sejam checados. Abaixo, será possível encontrar as principais informações acerca da revisão do veículo.

Qual a importância de fazer a revisão do carro?

Além de manter as preocupações um pouco de lado, enquanto o condutor possuir um carro, a revisão sempre deverá ser uma hipótese considerada antes de uma viagem longa ou de uma árdua rotina de trabalho. O óleo do motor é o principal responsável por evitar o atrito entre peças, por exemplo, devendo ser observado com muita frequência.

Outro componente que ajuda a compreender melhor a importância da revisão é, justamente, o filtro de ar. Ele é o principal responsável por controlar a absorção de impurezas para dentro do veículo, fazendo com que o condutor esteja protegido de possíveis contaminações.

Dessa maneira, a revisão se torna importante para garantir que todas as peças funcionem de maneira adequada e, consequentemente, não prejudiquem, em nenhum ponto, a condução do portador do veículo. Assim, as viagens poderão ser realizadas de forma segura.

Qual o período em que a revisão deve ser realizada?

Na maior parte dos casos, a revisão deverá ser feita em um período a cada seis meses ou a cada 10 mil quilômetros rodados pelo carro. Isso tudo irá depender, exclusivamente, de qual marca for atingida primeiro. Para quem adquiriu um veículo novo, é necessário ficar sempre atento às revisões datadas como obrigatórias.

É válido ressaltar, ainda, que, mesmo que o carro esteja parado por muito tempo, a revisão deve, sim, ser feita – principalmente, nesses casos, aliás. Haja visto que o veículo não tem ido para a estrada, é provável que a ação do clima possa vir a interferir diretamente no funcionamento total de suas peças.

Abaixo, confira quais são as principais peças que devem ser observadas de acordo com a quilometragem estimada pelo carro:

  • a cada 10 mil quilômetros: alinhamento e balanceamento do veículo;
  • a cada 15 mil quilômetros: filtro de ar do motor, filtro de combustível e filtro do ar-condicionado;
  • a cada 20 mil quilômetros: fluido de freio e substituição das velas de ignição.

Quais são os principais itens a serem verificados?

Quando a revisão do veículo é realizada por intermédio de uma concessionária, há um checklist de todos os procedimentos que serão realizados, permitindo que nada passe sem ser verificado. Esses testes são devidamente padronizados e devem ser executados com os respectivos representantes das marcas.

De uma maneira geral, os itens que deverão ser revisados são:

  • motor;
  • pneus;
  • embreagem;
  • freios;
  • câmbio;
  • suspensão;
  • fios;
  • bateria;
  • cabos elétricos;
  • pneus;
  • ar-condicionado;
  • sistema de arrefecimento;
  • filtro de ar;
  • velas;
  • filtro de combustível;
  • iluminação;
  • radiador;
  • sistema elétrico em geral.