Carros usados que você não deve comprar e por quê?

Comprar um veículo de segunda mão pode apresentar vantagens, como o preço reduzido na venda e em tributos como o IPVA, o DPVAT e o seguro. Entretanto, esse tipo de negócio pede atenção ao motorista e se você se pergunta sobre “quais carros usados não devo comprar?”, vamos ajudar a esclarecer o assunto. 

Para tanto, antes de comprar um carro usado, é importante ter segurança sobre as condições do veículo e, dessa forma, você evitará problemas maiores no futuro. Por isso, uma das alternativas é o leilão de carros, visto que, as características do automóvel são transparentes. 

Sendo assim, desenvolvemos este guia para explicar sobre a compra de carros usados, e como você pode ter vantagens e um bom custo-benefício para fazer um negócio descomplicado.

Como analisar um carro usado?

Um veículo usado pode apresentar características diferentes como o estado de conservação, a vida útil do motor e, principalmente, a parte mecânica. No entanto, mesmo que esteja com uma boa aparência, o carro pertenceu à outra pessoa e tem um histórico de uso. 

Todavia, o motorista deve fazer uma avaliação completa no veículo e checar se existem defeitos ou problemas que podem transformar a aquisição em uma provável dor de cabeça. Além disso, existem alguns fatores que não devem ser desprezados, por isso, confira a seguir o que precisa de análise.

Óleo

Essa parte é importante, pois, a troca periódica do óleo é necessária para manter a vida útil do motor do veículo. Para tanto, o manual do carro traz as orientações para que essa ação seja feita corretamente. 

Dessa forma, a manutenção pode trazer uma segurança maior ao novo proprietário do veículo e, assim, reduzirá as dúvidas sobre os carros que você não deve comprar. 

Fluídos

O motorista precisa se sentir seguro na direção e para evitar os imprevistos no trânsito, os fluidos do freio e de outras partes como o pára-brisa, devem ser trocados a cada dez mil quilômetros rodados. 

Cor isso, o freio deve ser um dos fatores que deve ser conferido antes de você adquirir um veículo usado, com isso, evitará um risco maior de acidentes. 

Correia

A correia dentada precisa ser conferida para evitar os danos desse item durante a direção. Para tanto, em caso de rompimento dessa peça, o veículo ficará parado e será removido somente com o auxílio de um reboque. 

Por isso, a manutenção da correia é importante, pois, evitará que as outras peças do carro sejam danificadas. Portanto, preste atenção nesse detalhe antes de comprar um veículo de segunda mão. 

Filtros

Os filtros são utilizados nos sistemas do óleo, do ar condicionado e do combustível de um veículo. Para tanto, a manutenção deve feita logo após a aquisição e, com isso, evitará o acúmulo de impurezas que podem interferir no funcionamento do automóvel. 

Além disso, o filtro do ar condicionado deve ser o primeiro a ser trocado, pois, acumula resíduos causados pela poluição do ambiente externo. 

Velas

O novo proprietário de um veículo usado deve prestar atenção com as velas, pois, essas peças possuem validade e devem ser trocadas a cada 10 ou 15 mil quilômetros de uso do carro. 

Por isso, não compre um carro usado sem checar esses equipamentos e, assim, terá mais comodidade para adquirir o veículo. 

Quais carros usados não devo comprar?

Se você pretende comprar um carro usado e não quer ter problemas, precisa pesquisar por informações no mercado automobilístico. Entretanto, a venda de automóveis apresenta um queda elevada no Brasil, por isso, muitas pessoas buscam pelos benefícios de um carro usado. 

Além disso, um veículo semi novo ou em boas condições, pode apresentar alguns problemas. Todavia, o comprador deve observar se o carro está com a documentação legalizada e, além disso, o automóvel precisa proporcionar segurança aos passageiros.

Portanto, se você questiona sobre quais carros usados não deve comprar, independente da marca, ano ou modelo, faça uma listagem completa sobre as características do automóvel, visto que, muitos motoristas, conhecem as condições físicas de um veículo. 

Conheça cinco motivos para comprar um carro usado

Quando fazer a revisão de um carro usado?

O proprietário de um carro usado deve seguir a rotina de revisão e manutenção do veículo. Com isso, a troca de peças do automóvel de segunda mão é fundamental para que o carro mantenha a qualidade de antes.

Dessa forma, convém fazer um “test drive” no veículo usado antes da aquisição e, assim, será possível identificar algum sinal de que o carro precisa de revisão. Contudo, a bateria do veículo também é um fator importante na análise do automóvel, mas, existem outros itens que precisam ser analisados como:  

  • Faróis e lanternas;
  • Qualidade do ar condicionado;
  • aquecimento elevado do motor;
  • Ruídos.

Saiba como fazer a transferência de um veículo

Como comprar um veículo de outra pessoa?

A compra de um carro usado exige conhecimentos e se você ainda não fez essa transação, precisa compreender algumas questões antes da aquisição. Por isso, preste atenção nos detalhes a seguir.

Conheça o veículo

Se você tem conhecimento sobre o veículo usado, pode ser mais fácil fazer a compra, porém, vale a pena fazer uma pesquisa de mercado sobre as características do carro. Assim, evitará problemas ou arrependimento com a compra.

Atenção com o vendedor

Comprar um bem de uma pessoa desconhecida pede cuidados, pois, sendo uma fonte nova, não existem garantias. Por isso, dê preferência a negócios com quem você conhece e, assim, pode manter contato no futuro. 

Histórico

Comprar um carro usado não representa apenas um negócio fechado. Todavia, antes de fazer uma transação, procure saber sobre o histórico de uso do veículo e, para isso, confira alguns itens como:

  • Documentação;
  • Débitos fiscais;
  • Registros de acidentes;
  • Verifique se o veículo não é roubado;
  • Conservação do carro.

Além disso, um veículo com mais de 80 mil quilômetros de uso pede uma atenção maior, pois pode ter a qualidade comprometida. Sendo assim, se você ainda se questiona sobre quais carros usados não deve comprar, acompanhe os leilões da Sodré Santoro e conheça mais detalhes.