Mulheres Positivas: Mariana e Carolina Sodré Santoro

POR MULHERES POSITIVAS

Nossas Mulheres Positivas são a Mariana e Carolina Sodré Santoro. As irmãs estão à frente da Sodré Santoro Leilões, maior organização leiloeira offline e online da América do Sul. Mariana foi a primeira a deixar a carreira de advogada para se juntar ao negócio familiar, fundado pelo pai e seu tio há 40 anos. Carolina é atriz e chegou ao negócio na sequência. As leiloeiras se apaixonaram pela batida do martelo onde conseguiram unir o talento para atuação com o ofício da família

1. Como começou a sua carreira?

Mariana: Sou formada em Publicidade e em Direito. Trabalhei em alguns escritórios de advocacia, mas desde pequena sempre quis trabalhar com meu pai. Como morávamos em Alphaville, quando eu saia da escola ficava à tarde no escritório com meus pais e adorava ver os dois trabalhando, ver os leilões acontecendo. Quando casei, há 20 anos, resolvi ir trabalhar na Sodré Santoro. Trabalhei em diversas áreas, conheci um pouco do que todos faziam e fui encontrando meu lugar. Quando fiz 25 anos fui nomeada leiloeira, mas só fui fazer meu primeiro leilão alguns anos mais tarde.

Carolina: Antes de começar nos leilões, pude vivenciar a experiência profissional no teatro e fiz faculdade de Rádio e TV, o que fez com que o meu início com o martelo acontecesse de forma muito natural. Acredito que esta bagagem, logo de cara, me ajudou a interagir com o público e me permite, até hoje, trazer a leveza do improviso para os leilões.

2. Como é formatado o modelo de negócios do (incluir aqui o nome do seu negócio)?

Mariana e Carolina: A Sodré Santoro Leilões é uma organização de leilões que realiza leilões de imóveis, materiais (móveis, máquinas, tratores, veículos, entre outros. Nossos leilões são diários, presenciais e on line. Temos o maior pátio de armazenagem do país para esse tipo de serviço. A organização começou há 40 anos com nosso pai e tio, fazendo leilões em cima de uma Kombi. Hoje, trabalhamos lado a lado, além do nosso irmão e um primo, cada um em uma área, mas com muita sinergia.


Foto: Julio Bittencourt

3. Qual foi o momento mais difícil da sua carreira?

Mariana: O momento mais difícil foi quando me tornei mãe. Não sabia como iria administrar a maternidade e trabalhar. Achei que fosse enlouquecer, mas com muita disciplina consegui conciliar as duas coisas e hoje tenho certeza de que dei conta do recado.

Carolina: A insegurança nos primeiros leilões, por ser uma experiência completamente nova. Mas pela minha experiência como atriz consegui interagir de forma natural com o público.

4. Como você consegue equilibrar sua vida pessoal x vida corporativa/empreendedora?

Mariana: Hoje meus filhos já cresceram, mas acredito que o segredo é saber dividir o tempo e organizar as prioridades. Amo trabalhar e gosto muito dessa administração diária do meu dia.

Carolina: Eu procuro organizar os meus dias de forma que eu não trate de trabalho fora do escritório, para que os encontros de família não virem verdadeiras reuniões. E ter um dia de home office na semana me permite exercitar a criatividade e novas ideias.

5. Qual seu maior sonho?

Mariana: Meu maior sonho é fazer com que a Sodré Santoro continue sendo a maior organização de leilões do país.

Carolina: Meu maior sonho é ver um Brasil espetacular, onde todos se orgulhem do pais em que vivem.

6. Qual sua maior conquista?

Mariana: A minha maior conquista foi ter conseguido ocupar meu espaço no mundo masculino dos Leilões. 

Carolina: É ter conseguido imprimir um tom diferente, do jeito feminino na hora de realizar os leilões.

7. Livro, filme e mulher que admira.

Mariana:

– Livro: adoro a coleção da Lucinda Riley, especialmente o livro “As 7 irmãs”. São leves e me fazem viajar na história delas.

– Filme: o último filme que eu assisti foi A Star is Born, adorei a história e as músicas.

– Mulher: uma mulher que admiro é minha mãe Dora, que junto com meu pai, começou a história da Sodré Santoro.

Carolina:

– Livro: Um Bonde Chamado Desejo, de Tennesse Williams, por ter sido uma peça que marcou minha vida.

– Filme: Encontro Marcado, por ter me feito pensar na morte pela primeira vez.

– Mulher que admiro: Meryl Streep, pela versatilidade e competência.

Fonte: https://emais.estadao.com.br/blogs/mulheres-positivas/mulheres-positivas-mariana-e-carolina-sodre-santoro/