Tudo sobre as novas placas Mercosul para veículos

As placas Mercosul são muito importantes para identificar os carros que circulam entre os países que compõem o grupo econômico – Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai.

Os modelos antigos das placas brasileiras consistiam normalmente na combinação de três letras e quatro números, além da informação de cidade e estado em que o carro está registrado. Com a adoção deste novo padrão, muda-se a quantidade de letras e números, além do modelo da placa, que passa a incluir a informação do país em vez da cidade.

Saiba mais sobre as novas placas Mercosul para os veículos do Brasil e de outros países do grupo.

O que são as novas placas Mercosul?

O Brasil passou a adotar o modelo de placa Mercosul para todos os novos emplacamentos a partir deste ano. Esta nova placa ajuda na identificação de veículos de todos os países que fazem parte do bloco econômico.

A Placa de Identificação Veicular (PIV) deverá seguir o mesmo modelo para os quatro países, distinguindo-se pelo nome e pela bandeira de cada região, de acordo com a nacionalidade do veículo.

Este novo modelo continua com sete dígitos, mas, ao invés de três letras e quatro algarismos, a placa deverá ter quatro letras e três algarismos. Com isso, o Brasil terá mais do que o dobro de combinações possíveis, chegando a 450 milhões de placas diferentes.

Além disso, a sequência não será de letras e números seguidos. A nova combinação intercala letras e números, ficando assim:

  • (letra) – (letra) – (letra) – (número) – (letra) – (número) – (número).

As dimensões da placa continuam as mesmas, mas, no lugar da tarja com o nome da cidade, agora haverá uma faixa azul com o nome e a bandeira do país do veículo.

Cores diferentes continuarão a ser usadas para identificar a função do veículo, mas agora elas estarão na combinação alfanumérica, e não mais no fundo da PIV. Na placa Mercosul, o fundo será sempre branco.

Outra característica bastante inovadora é a presença de um QR Code, através do qual autoridades poderão saber mais informações sobre o veículo – inclusive, casos de clonagem.

Como é feita a numeração?

Para quem possui um carro com o modelo antigo de placa e está pensando em mudar, independentemente do motivo, a substituição já será feita com o novo modelo de placa.

Também é possível saber de antemão como sua placa ficará depois desta atualização. Para isso, é necessário trocar o segundo caractere numérico da placa pela letra correspondente na tabela abaixo.

Número atual Letra do novo modelo
0 A
1 B
2 C
3 D
4 E
5 F
6 G
7 H
8 I
9 J

Valor da nova placa Mercosul

O Detran não ficará mais responsável por estipular um valor fixo para a nova placa. Não será cobrada uma taxa pelo Departamento de Trânsito, porém fica a cargo de cada empresa de estampagem informar seu valor.

Com isso, em cada região do país – ou até dentro de uma mesma região –, será possível encontrar preços diferentes para as novas placas.

No site do Detran, é possível encontrar uma lista com as empresas emplacadoras. Em alguns casos, essas empresas participam de concorrência pública para poder exercer essa função.

Entenda o que significam as cores na placa Mercosul

Cores diferentes continuam sendo utilizadas para identificar a aplicação do veículo no trânsito. A grande diferença é que em todos os casos o fundo continua branco, mas os caracteres alfanuméricos variam de cor.

Veja abaixo o que cada cor de placa significa.

  • Caracteres em preto: veículo particular.
  • Caracteres em azul: veículo oficial.
  • Caracteres em vermelho: veículo para utilização comercial ou de aprendizagem.
  • Caracteres em verde: veículo em experiência ou teste.
  • Caracteres em dourado: veículo utilizado para atividades diplomáticas.
  • Caracteres em cinza ou prata: veículos raros ou de colecionador.

Quando as novas placas Mercosul entram em vigor?

As novas placas vêm sendo incorporadas ao trânsito brasileiro gradativamente. A partir de 2020, no entanto, todo novo emplacamento já será realizado com este novo modelo.

A ideia é de que a transição para o novo modelo seja completamente finalizada nos próximos anos, sem sobrecarregar o sistema ou causar uma grande correria em busca das novas placas.

Descubra se é necessário trocar sua placa para o novo modelo 

Todos os novos emplacamentos realizados no país já serão com esse novo modelo. Ou seja, em caso de veículo 0 km ou mudança de cidade, a placa deverá ser substituída pelo novo modelo do Mercosul.

Para os demais casos, ainda não é obrigatória a troca neste momento. A ideia é de que essa transição seja feita aos poucos, a partir dos novos emplacamentos, até que esteja abrangendo todos os veículos do Brasil.

A licença especial para andar sem placa, no entanto, só é válida para os veículos 0 km que saem de fábrica ou da concessionária sem a placa. Essa licença é concedida com algumas condições, valendo apenas para o trajeto indicado no momento da licença. O automóvel poderá ser apreendido se desviar do trajeto.

Também não será permitido que os carros andem sem placa para fazer o procedimento em outro município sem esta licença. Para mais informações, verifique o site do Detran de sua região.