Scooter elétrica: tudo o que você precisa saber sobre

A mobilidade urbana tem se tornado cada vez mais importante, principalmente porque desejamos conquistar a independência e ter um jeito rápido e fácil de chegar aos lugares. É por isso que a scooter elétrica pode ser uma ótima opção, completamente econômica e ecológica.

Para se ter uma ideia, segundo a Abraciclo, entre os anos de 2018 e 2019, o mercado de scooters acabou crescendo cerca de 39,6%. É exatamente por isso que os brasileiros precisam ter mais conhecimento sobre o veículo, ajudando a reduzir a poluição do meio ambiente.

O que é uma scooter elétrica?

A scooter elétrica nada mais é do que uma espécie de moto comum, só que tem um direcionamento mais voltado para pequenas e médias distâncias. O seu motor funciona, inteiramente, à bateria e, por isso, precisa ser recarregado com certa frequência. Imagine esse tipo de veículo como um celular que te leva de um lugar a outro.

Para quem deseja reduzir a emissão de poluentes no meio ambiente e, ainda assim, ter maior mobilidade para sair de casa, a aposta nessa categoria é muito assertiva. Uma scooter elétrica de 2.000 w, por exemplo, pode ser bem mais econômica e recomendada para quem quer dar pequenos passeios no dia a dia.

Por que ter uma scooter elétrica?

Existem muitos benefícios envolvidos na aquisição de uma scooter movida à eletricidade. Além de facilitar sua mobilidade no dia a dia, ela pode apresentar diversos outros pontos extremamente benéficos, como, por exemplo, a não agressão ao meio ambiente, tendo zero de emissão de gases nocivos.

Além disso, uma scooter elétrica é a melhor aquisição para quem deseja escapar, de uma vez por todas, do trânsito. Por meio dela, será possível pegar alguns atalhos e até mesmo áreas mais reservadas para esse tipo de veículo.

Outro bom motivo para levar essa belezinha para a sua casa, com toda a certeza, é a facilidade para recarregar. Além de ser extremamente simples de pilotar, ela não faz nenhum barulho.

Regras para pilotar

Muita gente deve estar se perguntando quais são as regras para pilotar uma scooter elétrica. No entanto, é válido ressaltar que as normas podem variar de uma cidade para outra. As legislações de trânsito costumam variar em cada um dos estados. Então, antes de comprar a sua, não se esqueça de checar em um órgão autorizado.

Ainda assim, na maior parte dos casos, para que seja possível pilotar uma scooter, você precisará utilizar o capacete e equipar o seu veículo com alguns itens. A obrigatoriedade de porte está relacionada a faróis, retrovisores de ambos os lados, lanterna traseira e também velocímetro.

Mesmo que uma scooter elétrica seja um veículo mais seguro e que atinge menores velocidades, é importante ter cuidado ao pilotar. Esteja sempre atento ao trânsito e aos pedestres, respeitando o direito de ir e vir de cada um ao longo de seu percurso.
O leilão de motos é a oportunidade perfeita para você garantir a sua scooter elétrica. Caso tenha dúvidas sobre moto de leilão, confira aqui todas as respostas!