Comprar veículo de leilão: como funciona?

Comprar veículo de leilão

Comprar veículo de leilão pode ser uma atividade extremamente atrativa para quem deseja adquirir carros, motos ou peças em boas condições e com preços acessíveis. Porém, antes de começar a dar o seu lance, é importante saber exatamente o  funcionamento dos leilões de automóveis para identificar um bom negócio. Para te ajudar, o blog da Sodré Santoro elaborou um post especial sobre tudo que você precisa saber para comprar veículo de leilão!

 

Como funciona um leilão de veículos?

Um leilão de veículo funciona da mesma forma que os leilões tradicionais: vence aquela pessoa que der o maior lance, ou seja, a maior quantia pelo lote anunciado, a partir do valor mínimo. O pagamento pelo bem deve ser realizado dentro do prazo estipulado previamente e à vista, porém algumas gestoras leiloeiras oferecem também a opção de parcelamento. Além disso, há uma comissão de 5% referente ao trabalho do leiloeiro — profissional que media a venda e compra dos lotes durante o evento — e custos com a documentação e guincho do veículo.   

 

Quais tipos de veículos posso arrematar?

Em um evento de leilão, você pode arrematar diversos tipos de veículos, como carros e  motos populares ou importados, caminhões das mais diversas marcas e até transportes de grande porte, como aviões e barcos. 

 

É possível encontrar também lotes novos que fazem parte de antigas frotas de empresas e montadoras de carros, veículos seminovos que foram apreendidos por falta de pagamento ou outros eventos, como roubos, peças de reposição originais em perfeito estado e carcaças de veículos. 

 

Comprar veículo de leilão: dúvidas frequentes

Muitas pessoas possuem dúvidas e inseguranças sobre comprar veículo de leilão. Para solucionar isso e ajudar você a fazer um excelente negócio, o blog da Sodré Santoro  solucionou as principais dúvidas que os consumidores possuem sobre essa modalidade de negociação de automóveis. Confira!

Como saber a procedência do veículo?

Um dos passos mais importantes para manter a segurança e saber qual é a procedência do lote que você deseja arrematar é ler atentamente a descrição do produto, divulgada pelo leiloeiro no dia do evento ou disponibilizada pelo anunciante no site da gestora leiloeira. 

 

Outra forma de saber de onde vem o veículo de leilão é entrar no site do Detran (Departamento Estadual de Trânsito) e verificar a sua procedência, histórico e situação documental.

É possível fazer seguro no veículo de leilão?

Sim, é possível fazer seguro para os veículos comprados em leilão. O que muitas vezes acontece e cria o boato de que não é possível contratar seguro para esses tipos de veículos são os critérios de aprovação de cada seguradora, pois muitas delas não aceitam carros da categoria sinistrados — veículo que sofreu algum dano, como batida ou roubo.

Preciso pagar o imposto e os reparos do veículo que arrematei?

Se um participante do leilão arrematar um veículo que tenha algumas avarias ou parcelas atrasadas de IPVA, ele será responsável por arcar os futuros reparos e dívidas. Por isso, é importante averiguar as informações desse veículo e, se permitido, avaliá-lo minuciosamente antes de dar o lance. 

 

Arremate o seu veículo através dos leilões!

Participe dos eventos de compra e venda pública e arremate o seu veículo através dos leilões. Além disso, confira o nosso post sobre dicas para comprar carro de leilão e dê o seu lance.